Chat Online

Qual o melhor tratamento para glaucoma? Saiba aqui!

Confira, neste post, os principais tipos de glaucoma e os tratamentos e saiba um pouco mais sobre o assunto!

O glaucoma é uma doença ocular, ocasionada pelo aumento da pressão de dentro do olho, provocando lesões no nervo óptico e, consequentemente, comprometimento visual. Além de não apresentar sintomas claros na maioria dos casos, se não for tratado devidamente, ele pode provocar cegueira. Dessa forma, conhecer o tratamento para glaucoma pode ajudar na prevenção desse problema.

A doença pode ser controlada com o tratamento indicado pelo especialista, podendo incluir o uso de comprimidos, cirurgia ou colírios, dependendo do tipo que o paciente apresenta. Neste post, mostraremos os tipos de glaucoma e quais são os tratamentos. Continue a leitura!

Quais são os principais tipos de glaucoma?

Glaucoma congênito

Esse tipo de glaucoma é caracterizado pelo nascimento da criança com a doença, herdada da mãe durante a gestação. No entanto, o glaucoma congênito é raro e, se descoberto, é fundamental que o tratamento se inicie imediatamente.

Glaucoma de ângulo fechado

Nesse tipo de glaucoma, ocorre o bloqueio rápido do humor aquoso (líquido que regula a pressão interna do olho), sendo considerado o mais grave. Com isso, ocorre um aumento doloroso, grave e rápido na pressão intraocular, levando à perda de visão.

Glaucoma de ângulo aberto

É considerado o tipo mais comum e frequente de glaucoma. Geralmente é hereditário. Nele, ocorre um aumento na pressão do olho que se desenvolve aos poucos com o passar do tempo. Essa elevação provoca um prejuízo permanente no nervo óptico, o que leva à perda gradual da visão.

Quais são tipos de tratamento para glaucoma?

Colírio

Inicialmente, o médico poderá indicar o uso de colírios diariamente para que a pressão nos olhos seja controlada, de modo a melhorar a qualidade de vida do paciente. Caso o tratamento não funcione, o especialista indicará outros meios para resolver o problema.

Medicação

Quando o uso de colírios não resolve o problema, o médico indica comprimidos por via oral, como os remédios diuréticos, para reduzir a pressão nos olhos. Lembre-se que a prescrição de medicamentos deve ser realizada por um profissional e que o uso inadequado pode provocar diversas complicações.

Laser

Quando o tratamento com medicamentos não surte efeitos, os médicos recorrem ao laser. Essa técnica é usada para realizar pequenas queimaduras no sistema de drenagem do humor aquoso. Graças à anestesia local, o tratamento é indolor, dura cerca de 20 minutos e pode ser realizada no consultório do oftalmologista.

Cirurgia

A cirurgia é caracterizada pela criação de um novo sistema de drenagem para o olho. Essa forma de tratamento para glaucoma é sempre deixada por último, uma vez que se trata de uma técnica invasiva e que pode causar algumas complicações.

Como vimos, o tratamento para glaucoma inclui o uso de colírios, medicamentos, cirurgia ou laser para que a perda de visão seja controlada e a qualidade de vida da pessoa seja a melhor possível. Por isso, caso você suspeite que esteja com a doença, não deixe de ir em um oftalmologista para que ele analise a sua situação e indique o melhor tratamento.

Gostou do nosso post e quer complementar a sua leitura? Então, conheça 5 doenças nos olhos e seus tratamentos!